sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Sensação da República

Publicada em 06 de janeiro de 2011

Marcela Temer, vice-primeira-dama, 43 anos mais jovem que o marido, se torna o assunto mais comentado nas redes sociais


A primeira presidente do Brasil tomou posse do cargo mais importante do país no primeiro sábado deste ano. Comentários gerais sobre o cabelo, a maquiagem, as roupas e as plásticas de Dilma Rousseff eram esperados, mas os olhares, as lentes e as línguas ferinas acharam um foco muito mais interessante para o alívio da presidente que não é lá essas coisas em termos de estética e estilo. Marcela Temer é o nome da nova sensação da República e das redes sociais.


Vice-presidente do Brasil, Michel Temer, ao lado da esposa Marcela Temer, durante a cerimônia de posse da presidente Dilma Rousseff


Após a cerimônia no Congresso Nacional, os comentários que pipocaram no Twitter eram sobre a suposta filha do vice-presidente Michel Temer. Bastou que a presidente Dilma apresentasse o seu vice e sua senhora para que, em pouco tempo, a bela loira Marcela virasse febre no microblog. Algumas horas depois, a vice-primeira-dama foi catapultada ao primeiro lugar nos tópicos mais comentados no mundo. Até hoje, ela ainda figura entre os dez mais Topic Trending (TT) do Twitter. Na rede social Orkut, a esposa de Michel já possui cerca de 20 comunidades dedicadas a ela. Algumas engraçadas como “Marcela Temer para presidente”, “Marcela Temer na Playboy” e “Marcela Temer mata o velho”.

Marcela é loira, bonita e elegante, tem 27 anos, é casada com um homem rico e poderoso de 70 anos e tem um filho de dois anos com ele. Apesar de ser formada em direito, a ex-miss e ex-aspirante a modelo não trabalha fora de casa e sua única profissão é cuidar do Michelzinho – o filho e não o pai. Michel Temer começou a namorar Marcela em 2003 e causou frisson ao anunciar que se casaria com ela, então com 20 anos. Um amigo de Michel, em entrevista ao jornal O Globo, afirmou que quando o vice-presidente, na época deputado, foi apresentar lhe apresentar a namorada e sua mãe, todos acharam que ele estava saindo com a mãe. “Quando vimos que era a filha, ficamos todos de queixo caído”, conta ele.

Quanto à diferença de quatro décadas entre os pombinhos, Marcela diz não se importar. “É como se o Michel tivesse 30 anos”, contou a loira em uma entrevista ao jornal Estadão. Não é à toa que surgem no Twitter comentários maldosos a esse respeito: “Dilma toma posse, Lula toma cachaça, Temer toma Viagra, Marcela toma a grana do 'véio' e o povo toma no c*”. Outros comentários que ajudam a Marcela Temer a continuar nos TTs do Twitter é dizer que não acredita que a loira ainda continua nos TTs. “(Ela) deve estar se achando a Carla Bruni tupiniquim”, afirma um dos tweets.

Carla, Diana e Geisy


As comparações outras esposas de políticos são inevitáveis. A mais óbvia, remete à primeira-dama francesa, a ex-modelo, cantora e compositora Carla Bruni. Beleza e elegância são atributos usados para se referir às duas. Porém, ao contrário da companheira de Nicolas Sarkosy, Marcela não gosta de ostentar jóias ou usar roupas assinadas por estilistas badalados. “Sou eu mesma que me visto com a ajuda da minha mãe. Não tenho personal stylist, nada de grife, nada de jóias...” revela a vice-primeira-dama. Quando o jornalista do Estadão pergunta sobre o brinco que usa durante a entrevista, ela responde: “esse brinco tem um cristalzinho, mas é bijuteria”. Seria um cristalzinho Swarovski?

Gloria Kalil, em seu site “Alô, Chics” sentenciou o nascimento da “nossa próxima vítima, nossa Lady Di: Marcela Temer, braços dados com o vice-presidente Michel Temer”. Segundo Glória, Marcela é uma digna vice-primeira-dama que já foi vice-Miss Paulínia e vice-Miss Campinas. A consultora de moda também conjectura que a presidente Dilma deve estar feliz por estar longe dos holofotes enquanto a imprensa e os “marimbondos de fogo” caem em cima da ex “miss-e-modelo”. Glória ainda roga: “que Deus (e o cerimonial) a protejam”.

Quanto à comparação com a outra loira da Uniban, esta fica por conta de uma comunidade do Orkut, a “Marcela Temer não é Geisy Arruda”. Não é nenhuma forçação comparar as duas. Se você se esforçar um pouco pode observar uma certa semelhança entre as duas rechonchudas que conseguiram fama instantânea devido às redes sociais da internet. Difícil é concordar com sites como o IG que afirmam que Marcela Temer é magra ou com o jornal O Globo que diz que ela tem um corpo escultural. Linda e loira, sim, magra e escultural, nem tanto. Basta dar uma olhada nas fotos da posse para ver a barriguinha saliente da ex-vice-miss mãe do Michelzinho.

O colunista do portal Terra Marcelo Semer repreendeu os tweeteiros que acusaram Marcela de dar o golpe do baú no “marido poderoso e provecto”. Semer ainda disse em seu artigo que os comentários maldosos apenas consolidava o esteriótipo da mulher jovem e bela que se casa com um homem velho e poderoso por interesse. O colunista classificou o episódio como “uma pequena mostra do quanto Dilma deve sofrer para romper as barreiras atávicas do preconceito de gênero, ainda impregnadas na sociedade”. Semer, após repreender os internautas por apontar o óbvio, deveria voltar seus olhos à vice-primeira-dama que, apesar de possuir curso superior, dedica sua vida a ser uma rica esposa e mãe, um clichê um tanto antiquado para os nossos dias.

Um comentário:

gilmara disse...

A vice primeira dama Marcela Temer realmente estava usando um brinco de bijoux. So que nao uma bijoux qualquer e sim uma criacao do designer Nino Bran, que usou criastais swarovisk e perolas Shell. As pcas do Nino Bran sao famosas por aparecerem constantemente nas atrizes globais e apresentadoras de tv como a Luciana Gimenez.